JMJ Rio’13 <3 – Day 1

Helloooooooo. Tanto tempo que não passo por aqui!

Sempre arranjando uma desculpa, uma preguiça, um compromisso hehe.

Voltei da JMJ e precisava registrar tudo que senti, tudo que passei nessa viagem então vamo que vamo blog:)

Antes de contar como foi toda a viagem, pre-ci-so falar do que aconteceu antes. Esperei pela JMJ desde o ano passado. Preparei-me para a Pré-JMJ, esperava receber vários peregrinos na nossa Paróquia mas infelizmente não deu certo:(

Fiquei muito triste quando soube do cancelamento das vagas dos estrangeiros. Sabe quando uma coisa que você quer muito está prestes a acontecer e de repente, ela desaparece? Foi bem isso que eu senti. 

Então o que restava pra mim era a Jornada. Eu precisava dela. E hoje eu sei o porquê.

Segunda-feira, dia 23, todos na capela. ImageO shimbunim grande reuniu todos e contou uma história de quando era jovem. Falou que nos passeios da escola, ele e os amigos sempre escondiam tesouros para que nas próximas vezes fossem procurá-los. Contou que algumas vezes achavam os tesouros. Outras não. E assim, disse que lá no Rio de Janeiro, cada um tinha um tesouro para encontrar. E isso acabou ficando na minha cabeça durante toda a viagem…

Partimos 21:30 do Sondan… chegamos no Colégio Sto. Amaro umas 4:30 da manhã. Dormi muito pouco durante o percurso. Chegando no colégio, eu e minhas amigas estávamos super animadas! huhu adoro.

Pegamos nosso espacinho no quarto(sala de aula), fizemos a cama(saco de dormir) e trocamos de roupa. Eu sabia que ia fazer frio porque já tinha consultado a previsão do tempo para a semana mas nem liguei e pus o shorts com a esperança de que fizesse calor. Às 7:30 todos nos reunimos no Pátio, recebemos as orientações e fizemos uma oração para começar o dia. Ganhei o kit peregrino (mochila, camiseta, livros, crachá, garrafa de água, boné, vale alimentação de R$30 por dia e transporte).ImageFomos andando, embaixo da chuvinha, até a padaria. Pão na chapa com cream cheese e um suco de laranja. Fomos andando até a Praia Vermelha. O ideal era ficarmos lá, aproveitando a paisagem, brincando na praia, mas estava chovendo e o vento frio e forte! ImageImageImageKKKKKKKKK. Depois tentamos ir ao show do Dunga mas FAIL, já estávamos atrasados.:(

Image

Seguindo a programação oficial preparada pelos organizadores da jmj, a próxima atração seria um show de uma banda vinda da Coreia. Almocei num por kg meio caro. Chuva começando a dificultar o dia..ImageDepois do show e de fotos com a banda, fomos até a Feira Vocacional!

Foi super legal, conheci muita gente de fora e conversei com uns cariocas muito engraçados! hahahahaha. Essa feita tinha de tudo. Feiras de comida, feiras de vocação, bandas de freiras, baladas, shows e muita gente alegre! Era um ambiente de alegria contagiante!!!! =)ImagePrimeiro button que ganhei. Venezuela. Já perdi esse. KKKKImageImage

Infelizmente essa última foto ficou borrada mas essas pessoas foram as mais queridas que encontrei nessa feira! Eles moram no Rio mesmo, na Paróquia Sta. Cruz se não me engano. Nomes: Davidson, David, Jefferson e Daniele. Com eles aprendi um pouco do famoso e lindo de ouvir carioquês<3 Hahahah me diverti de montão. Gente muito humilde e carinhosa… Pessoas assim valem ouro.

Depois da feira e de infinitas fotos e uma entrevista engraçada da teteh, pegamos o busão cheio rumo à Praia Copacabana. Missa inicial da JMJ!!!

De shorts, casaco fino, sem moleton, sem capa de chuva, MORRI DE FRIO. Muito muito frio. Participar de uma missa nunca foi tão difícil. Mas depois de um tempo perdi o mimimi. Tinha inúmeeeros peregrinos! Era muita muita mas muita gente numa praia só. Todos lá por um só propósito. Todos em nome de Deus reunidos no Rio. E isso me deu força de continuar, de parar um pouco de reclamar e ouvir com atenção cada palavra pronunciada pelo Papa. A bandeira da Coreia nunca foi tão bonita para mim:) Era raro. A gente parecia importante. KKKKKImageImage

Too much fun at once. Na volta para casa foi um CAOS! Parecia as manifestações que estavam acotnecendo em São Paulo.. Muita gente livre e solta andando pelas ruas, gritando e se expressando do jeito que achava melhor. Mas dessa vez era diferente. Durante a viagem inteira, não presenciei nenhum ato de violência ou desrespeito ao próximo. Isso não é lindo? Foi um tempo de amor e só.

ImageImageImage

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s